Para Viajar: ROCKY MOUNTAINS (Canadá)

Oi, gente! Então, para quem não sabe, eu tive a oportunidade de morar por 1 ano em Vancouver, no Canadá, e nessa experiência super legal eu conheci as famosas Montanhas Rochosas (ou Rocky Mountains), uma importante cordilheira localizada na América do Norte ocidental. Elas seguem por mais de 4 800 quilômetros e foram, sinceramente, a paisagem mais linda que já vi na vida! Muitos falam da Noruega, Suíça,.. mas, para mim, nenhuma paisagem pode ser comparada a das Rocky Mountains.

Ao decorrer desse post vou mostrar um pouco das fotos da Road Trip (viagem de carro) que fiz pelas montanhas rochosas e dar umas dicas a mais, como preços, o que fazer lá e etc. (Lembrando que se você for a Vancouver, pode contatar empresas super baratas e de qualidade que fazem essa road trip de ônibus em 4 dias com uma galera super legal! Vou falar mais disso no fim do post).

DSC_0478

1a Parada: Revelstoke, BC. Essa cidadezinha super fofa que vocês podem ver, foi a primeira parada da road trip. Fiquei hospedada no Regent Hotel (acredito que é o único na cidade, muito bom por sinal), e lá não se tem muito a fazer, além de lanchonetes diversas e alguns pontos para bater fotos. É uma cidade interessante para ficar hospedado durante a road trip (que sabemos que é cansativa, pois as Rocky Mountains são imeeensas).

DSC_0571

2a Parada: essa é uma parada no meio da estrada mesmo, uns 45 minutos depois de Revelstoke (se não me falha a memória). Daí já começam as montanhas bebem mais altas, e é mais ou menos uma vista dessa pra melhor durante a viagem toda!

DSC_0675

Vista de dentro do ônibus. É bem interessante que durante a viagem você pode perceber a mudança climática constante. Uma hora faz sol, outra chove. É tudo muito lindo!

DSC_0685

3a Parada: São várias vistas incríveis que você acompanha ao decorrer do caminho (o caminho da empresa era até Banff, no estado de Alberta).
DSC_0835

4a Parada: Aí já estávamos entrando no estado de Alberta. Essa foi uma parada que muitas pessoas adotam para lanches.

DSC_0849 DSC_0872

5a Parada: Lake Louise, Alberta. Esse é um lugar que todo mundo tem que conhecer antes de morrer! O MAIS LINDO! É realmente de se arrepiar. O lago tem essa cor super clara devido a presença das rochas. Como eu optei fazer essa viagem no fim de Maio, o lago já estava descongelado e lindo. Porém, se você for em épocas tipo dezembro ou janeiro, provavelmente encontrará o lago congelado. É um lugar super legal também para fazer várias atividades (geralmente a empresa dá as dicas), como andar de snowboard ou ski ou até mesmo atividades como remo no próprio lado Louise. Ao lado do lago tem um hotel chamado Fairmont (um dos mais caros do mundo) que é incrível também. Tirando o lago, para você desfrutar de restaurantes/vida noturna, muitas pessoas vão para a cidade de Banff, que é bem próxima do Lake Louise. Lá vocês encontram baladas, restaurantes maravilhosos, uma paisagem linda, além de hotéis baratos e bons. Confiram:

DSC_0179

6a parada: Banff. Essa cidade é maravilhosa e super tranquila para se viver ou passear. É bem pequena, mas tem transportes públicos baratos, como taxis e ônibus. Os hotéis também são (a maioria) perto do centro da cidade, onde se encontram os restaurantes, boates e lojas. Lá eu comi no Boston Pizza no centro da cidade, e fiquei hospedada também num hotel próximo (infelizmente não lembro o nome). À noite fui para uma boate também super legal e movimentada na cidade. Em Banff você pode conhecer pessoas do mundo inteiro. A cidade é um ponto turístico essencial para quem vai ao Canadá!

DSC_0312

Ultima parada: ida as geleiras. Super legal (e frio), é um passeio a parte para quem quer conhecer as geleiras.

Empresa que confiei: ESL.
http://www.clubesl.com  
Essa empresa já havia sido recomendada por alguns amigos brasileiros que buscaram o mesmo tipo de viagem que eu. Além de fazer viagens pelo Canadá todo, a empresa é conhecida especificamente pelos tours que faz para as Rocky Mountains que parte de Vancouver. A viagem teve um custo de aproximadamente $365 dólares e vale muito a pena, pois inclui os hotéis (de boa qualidade) com café da manhã. Passeios a parte são pagos separadamente. Além disso, a viagem é feita num ônibus confortável com direito a guia pela viagem toda (geralmente as guias são bem experientes, o que é bem legal pra quem gosta de entender a parte histórica das cidades). Para fazer o pagamento, é só ir na agência em Vancouver (é no centro da cidade. Confiram o site para mais informações). Lá o pagamento pode ser feito em dinheiro ou cartão de crédito, e para os que não sabem falar inglês, tem uma atendente brasileira lá na loja! Super legal, né?

Espero que tenham gostado das dicas! Vale muito a pena!

XX, CausingScenes.

Anúncios

cintos – verão 2010

Depois de ter sido febre nos anos anteriores, o cinto chegou novamente, e para ficar! Fininhos, com cores e formatos diversos, pode-se dizer que eles são um acessório indispensável em qualquer guarda-roupa, desde o das gringas até os das brasucas! Antigamente, os cintos eram usados para afinar a cintura, ou até manter a calça/short no lugar. Hoje, eles são usados pra qualquer tipo de look!

Qualquer mulher pode usar, independente do biotipo. Para o verão, as propostas são os cintos fininhos, que além de charmosos, são a cara do verão. A estação pede algo mais alegre, por isso opte pelos cintos com cores mais chamativas, ou faça do seu cinto diferente – experimente os metalizados, de plástico, com lacinho, dobrado… –  igual nas passarelas Européias e as do Hemisfério Norte!

Grossos ou finos, os cintos vão pegar você de jeito! Use com saias, vestidos e shorts, pois o verão pede algo mais básico, além de charmoso, claro! A cor recomendada para usá-los nesse verão é o marrom, ou cores mais neutras, como o branco, preto e outros. O legal da nova pegada deles é que podem ser usados por cima de cardigãs, blazers e derivados, pois dá um ar mais ousado a peça… só não esqueça: eles tem que ser ajustados à sua cintura!

Se você curte um estilo country, oldies, moderno, romântico, rocker, ladylike… não importa, basta saber combiná-los! A primeira modelo, por exemplo, se jogou num estilo mais romântico, com a saia de tule e um cinto branco. Já se você quiser montar um estilo mais moderno, experimente camisetas mais soltinhas, cinto de qualquer cor com shorts e sapatos como ankle boots até gladiadoras… experimente também tons pastéis e estampas liberty, até porque são a cara do verão, além de combinarem com quase tudo!

Fazendo do cinto mais moderno, a primeira modelo ousou com um de lacinho, que além de dar um ar super feminino ao look, é super charmoso! Se jogue também nos clogs mais neutros, pois combinam totalmente com os cintos marrons!

PARA O DIA… experimente, de preferência, os cintos marrons, acompanhados de produções mais simples, como shorts, vestidos ou saias, com nada muito chamativo.

PARA A NOITE… escolha os cintos mais chamativos, como os dobrados (que são despojados) até os com laços… você pode também optar pelos com detalhes, como lantejoulas ou brilho (destaque para os maiores).

SE VOCÊ É GORDINHA… ouse com os cintos! Só damos a dica de que você use-os de acordo com o seu tamanho (sabemos que é difícil achar um cinto assim, mas algumas lojas vendem, inclusive as para gordinhas), e de preferência abaixo dos seios, terminando onde a cintura natural começaria (os mais grossos são os melhores no caso, podendo ser substituidos até por faixas).

Dicas de Pesquisa: Lojas de acessórios em geral (como accessorize), Renner, Marisa, Riachuelo, C&A (que inclusive possui tamanhos específicos)… todos baratinhos!

that’s all to make you cause a lot of scenes with the belts, cause they’re back!

macacões/macaquinhos – verão 2010

Depois de terem sido usados nos anos 40, como traje utilitário para trabalho, os macacões aparecem, hoje, muito mais descolados, práticos e versáteis, podendo ser usados tanto em ocasiões mais formais, quanto em mais informais. Depois de seu destaque internacional em marcas de grandes fashionistas, os macacões voltaram para o verão mais democráticos, com um tecido mais leve, especial para as brasileiras! Estampados, lisos, em tomara-que-caia até com alças e mangas! É inegável, o bom dos macacões é que eles podem ser usados tanto para baixinhas quanto para as mais altas, porque caem bem em vários tipos de corpo!

– DO IT YOURSELF: JUMPSUITS

SE VOCÊ É MAGRA…

– BAIXA: Se você é do tipo magra baixinha, pode ousar com os macacões ou macaquinhos, mas com moderação. Por serem uma peça despojada e democrática, não dependem de biotipos. Portanto, experimente saltos/ankle ou open boots/sandálias abotinadas e outros sapatos altinhos. Cuidado com os coloridos em excesso, pois eles podem deixar a peça exagerada, principalmente em casos que o macacão é estampado.

– ALTA: Se você é alta e magra, sem problemas! Que tal experimentar sapatos/sandálias baixinhas? Aliás, elas são a cara do verão, além de super lindas! Se você quiser usar macaquinhos, experimente-os com sandálias gladiadora, rasteiras além de sapatos fechados. Já se você quiser usar o macacão, pode apostar nas sandálias baixas, como as citadas acima.

Os macaquinhos jeans são uma ótima pedida! Por terem sido vestimentas de trabalho, não existiam detalhes e na maioria das vezes, mulheres não usavam. Para adaptar para o guarda-roupa feminino, ele foi acinturado e até um pouco decotado, deixando a peça mais romântica e bonita. Se você não quer experimentar seu macaquinho no estilo jeans, pode ousar com as estampas, como liberty ou animal print.

Já os macaquinhos de tecido – que vão desde os de algodão até os em seda –  são, geralmente, feitos leves, além de fazerem uma companhia perfeita com rasteirinhas/gladiadoras e colares, fazendo com que o seu visu pareça prático e charmoso! Perfeito para aqueles dias de sol escaldante.

SE VOCÊ É GORDINHA… vale investir em macacões! Experimente os mais soltinhos, sem cintos ou derivados. Esqueça os macaquinhos, pois eles podem deixar à mostra as gordurinhas indesejáveis.


Estes são os macacões. Sua diferença com os macaquinhos é o comprimento, apenas. Por possuirem várias cores e formatos, eles podem ser utilizados em qualquer hora do dia.

PARA O DIA… experimente tecidos leves. Para o look não ficar na mesmice, use macacões estampados, de preferência os com estampa liberty e formatos geométricos. Um excelente acompanhante para o macacão, é o chapéu, além de saltos/sapatos baixos com uma pegada rústica, a cara do verão!

PARA A NOITE… vale a pena ousar! Experimente seu macacão em tecidos mais luxuosos/chamativos, com brilho ou detalhes, como a lantejoula. Se você optar por um macacão de cor neutra, use seja no sapato ou acessórios, cores chamativas, para não deixar o look apagado. Cores como azul, laranja, amarelo e vermelho, fazem do verão muito mais descolado, principalmente para a noite.

DICA: Se seu corpo tem muitas curvas ou é em formato de pêra, experimente um macacão com um cinto apertado na cintura, para dar à silhueta um formato mais favorável.

Dicas de Pesquisa: Triton, Zara, Renner, C&A, Neon, Maria Bonita, Juliana Jabour, Fórum, Cravo e Canela, Colcci e Riachuelo.

Essas foram as dicas para você causar com macacões e macaquinhos no verão! @causingscenes



camisa jeans – verão 2010

É verdade, o verão pede algo mais clássico e despojado. Sempre escutamos falar sobre as famosas calças jeans e afins, mas dessa vez, as camisas chegaram como uma trend supercool, desejada por inúmeros fashionistas, além de ter aparecido para a estação em variados formatos. Ela pode aparecer fechadinha, aberta ou amarrada, além de poder ser misturada com outras peças jeans, vestidos, saias, shorts, meias-calças, leggings e outros.

O jeans é totalmente indispensável no guarda-roupa de qualquer mulher. Depois das jaquetas jeans, os stylists propuseram algo mais confortável (de preferência feito de algodão), que ao mesmo tempo possibilitasse o uso desta em produções para o dia e noite. Não é a primeira vez que as camisas jeans aparecem no mundinho da moda, elas destacaram-se muito nos anos 80 até os 90, mas agora elas decidiram aparecer com um outro ar – seja rocker, romântico, esporte ou oldies fica perfeito, basta escolher os acessórios corretos!

Betsy + Danielle + Ployy

A Betsy (primeira modelo) optou pelo jeans + jeans + clogs. Se você realmente quiser fazer essa mistura de jeans com jeans nossa dica é: procure usar tonalidades diferentes, para as peças não ficarem clichês e darem aparência de mesmice. Já a Danielle optou dar destaque ao cinto, que é uma excelente pedida para o verão.

A Ployy colocou sua shirt por dentro de uma saia de cós alto, dando um ar mais moderno ao look. Se você não quer exagerar seja nas cores ou estampas, ouse no sapato! Experimente sapatos diferenciados, pois o jeans pede combinações mais neutras. Aposte em sandálias abotinadas, ankle e open boots, clogs e outros, contanto que todos sejam altinhos. Atenção para o estilo boyish! Nas camisas jeans, eles são totalmente proibidos, pois por a camisa já ser soltinha, ficaria desnecessário o uso deste estilo.

Além de as camisas jeans serem referências para grandes estilos, podem compor um visual mais day ou mais night. Para a noite, paetês e brilhos deixam o look mais sexy e despojado. Um exemplo é o da primeira modelo, que pode ser um look para a noite – é claro que, trocando a bota por um salto e soltando mais a camisa – tanto para o dia. Já se você acha incoveniente o uso da jeans shirt de noite, experimente-a de dia! Nada melhor do que um all star e short misturado com a própria. Só tome cuidado com os sapatos baixinhos! Eles são apropriados somente com o uso de outras peças curtinhas, como o short, pois se você usasse uma calça + camisa jeans, por exemplo, seria mais apropriado o uso de um saltão e derivados.

Você ainda pode montar um look mais “dócil” e romântico, como a segunda modelo fez. O cinto como acessório principal, a saia de tule e o salto já respondem por tudo. Dica: se você quiser usar sua camisa por dentro, opte pelas mangas curtas.

SE VOCÊ É GORDINHA… vale apostar nas camisas jeans! Por elas serem soltinhas, escondem a grande parte das gordurinhas indesejáveis. Nossa única dica é que você evite usá-las com saias e shorts, pois ficar com as pernocas à mostra talvez não seja a melhor opção. Por isso, experimente meias-calças e leggings em cores neutras.

DICAS DE PESQUISA: Cantão, C&A, Renner, Bobstore, 2nd floor, Checklist, Isabela Capeto, Zara, Riachuelo, Equus e Fórum.

so, if you really wanna cause a lot of scenes with jeans shirts, you should try!

saias bandage – verão 2010!

Desde a primeira vez que vi uma saia bandage, me apaixonei! Além de lindas, dão uma forma incrível à qualquer mulher com um pouquinho de curvas. Caem bem com uma porção de coisas e são ótimos pro verão, que está chegando! Então, nós do causingscenes vamos te ensinar como combinar as saias bandage, que viraram tendência na gringa e prometem chegar com tudo em solo brasuca!

– DO IT YOURSELF: BANDAGE SKIRTS

Qualquer tipo de saia deve ser usado com algumas condições… principalmente as bandage! Se você tem pernas mais grossas, pode apostar em saias no modelo acima e também em saias evasê. Mas atenção: é importante que você equilibre o visu usando uma blusa mais soltinha e também com o comprimento de um palmo acima do joelho, só pra não ficar vulgar demais!

Aposte na combinação: blusa soltinha + saia bandage escura + saltão (para a noite)/ankle boots (noite e dia)/sapatilhas (dia).

Agora se você tem pouco quadril e coxas mais fininhas, o modelo mais indicado pra você é o balonê! As saias balonê são lindas e realçam a beleza do quadril. Uma dica é usá-las em estampas menores e coloridas, para dar a impressão de mais volume no local. Mas se preferir usar as saias mais justinhas, sem problema. Nesse caso, evite blusas decotadas demais e use-as um pouco acima do joelho!

Mas em geral, vale a pena combiná-las com blazers, jaquetas, colares, maxi-bolsas, ankle boots, sapatos oxford, batas e tudo de mais confortável e bonito que você encontrar por aí.

P.S: se sua cidade tiver um climinha mais ameno, abuse das meias-calças estampadas/básicas, dependendo da cor e da estampa da sua blusa. Caem super bem em qualquer tipo de corpo, vale a pena! (:

SE VOCÊ É GORDINHA… pode usá-las sim! Basta combinar as suas bandage com blusas mais soltinhas, coletes… use e abuse!

DICAS DE PESQUISA: Renner, C&A, Zara, Le Lis Blanc e Planet Girls.

so, that was all to make you cause scenes with bandage skirts!



minimalismo tropical – verão 2011

Elegante, limpo e contemporâneo, o minimalismo tropical chegou no verão com tudo. Desde marcas como British Colony até Neon fizeram suas apostas para um verão mais limpo, tropical (no qual é um clima que o Brasil se identifica bastante) e sem exageros, que é uma excelente pedida para as mulheres brasileiras que querem ousar sem perder a elegância. Podendo ter referências geométricas super easy de combinar, o minimalismo tropical dá chances à peças com estampas do tipo “turista europeu do Havaí” e as famosas peças florais.

Saias de cós alto, hot pants, chapéus panamá, shorts, open boots, oxfords, calças de barra curta e sandálias urbanizam a proposta do tropical, dando um outfit super descontraído! Cores como laranja, branco, verde mar e azul dão mais leveza e frescor para a peça.

Esse foi o desfile apresentado pela British Colony para o verão 2011. A mistura geométrica é uma das referências propostas para a estação. Como as modelos, invista em laços, que dão um toque de feminilidade ao look. Os sapatos oxford além de confortáveis, podem ser vistos em diversas cores, com destaque para as fortes, que dão um up no visu! Para as mulheres que não sabem, o minimalismo tropical pode ser visto desde a parte de cima até a de baixo, mas se você, leitora, não gostar de uma combinação completa com o próprio, pode optar por peças que representem o estilo. Por exemplo, experimente uma saia de cós alto/short com formatos geométricos + blusa com cor de sua preferência + sapato de sua preferência, ou inverta as sequências. Já se você não gostar de formatos geométricos, pode experimentar com outras cores e estampas, como a segunda modelo fez.

Maria Bonita + Simone Nunes + Salinas

Maria Bonita, sempre caprichando, inovou com o azul claro e uma sandália. Simone Nunes quis tirar o preconceito que o minimalismo não pode ser ousado, misturando o branco com um vestido de paetê dourado. Para o look não ficar muito exagerado e poder ser usado de dia, experimente a transparência por cima da peça pesada (no caso o paetê), pois além de ser uma outra referência do verão, dá leveza ao look. Já a marca Salinas, quis misturar o minimalismo tropical com moda praia, com inspirações de Cuba. Tudo a ver! As cores, as maxi pulseiras e a sandália já respondem por tudo. É importante realçar que o minimalismo não são só cores mortas. Já que a pedida é um up vibrante nas peças, use e abuse das cores!

Issa + Colcci + Totem

Lindas! A Issa apresentou uma coleção recheada de peças minimalistas, com um vestido super descontraído e uma rasteirinha, para deixar o look bem leve e confortável. A Colcci vestiu a Gisele com um ar tropical, dando realce para as calças, que são uma excelente pedida para quem não gosta de mostrar as pernocas. A Totem fez um lindo, usando o azul e plantas como referência.

Dica: Se você não gostar de mostrar as pernocas, pode fazer que nem a Gisele, ou pode optar por um vestido longo, que é confortável, versátil e bonito, sem falar que está super em alta nesse verão!

SE VOCÊ É GORDINHA… pode usar peças de minimalismo tropical sem nenhum problema, até porque elas ficam lindas em qualquer tipo de corpo. Mas, procure evitar mostrar as pernas, pois pode ser um problema. Evite as meias-calças e leggings, pois por serem ou darem impressão de grossas, podem ficar pesadas em excesso na mistura com as estampas, o que não é bom. Por isso, use calças (que podem ser da cor de sua preferência, tirando o jeans) ou vestidos longos.

DICAS DE PESQUISA: Além das citadas (como British Colony e Issa), marcas como Totem, Patachou, Walter Rodrigues, Lucas Nascimento, Fórum, Juliana Jabour e Cantão, vendem variadas opções.

that’s all for you cause a lot of scenes with clothes of tropical minimalism. xxx